quinta-feira, março 23, 2017

elefante

foi anunciado o novo romance.

lá vai dança que nem um Neymar

garupa dribla minha sorte beleza

se tá na palavra não vale de nada

lá contei a velha história dos elefantes

sem nem citar os elefantes

mágica pura e aplicada: esconde onde aponta

elegemos os ventos do nordeste

cuspimos no dedo um filho gigante

lembrando que é outono gira

na ponta do seu pau meu ventre

nas pessoas que voltam às festas

os ventos voltam do norte

a sorte volta de novo

até do menino cuspido no chão

promete que me acorda

só depois do meio-dia

e inauguro esse lance pra sempre.

sábado, fevereiro 11, 2017

diário de bordo

tchau, furacão 2000 e 16
leva com você toda essa miséria
de espírito
essa cara-a-cara com o
fundo do poço
vem dois mil dezessete
traz ai 1 açaí gelado
11 reais?
eu falei o pequeno
-14 reais.
-11 é o baby.
me vê a água da casa.
se eu pegar o freela rola
de comer açaí 3x
por semana
com granola
o freela não responde
seg ter qua qui
calor quarenta graus
vai na livraria pra
pegar o ar condicionado
gasta 10 reais num mate
s/ condições
de estudar, ler, ver filme
pensar não dá
e o boy
o boy sumiu pq é carnaval
falta cabelereira no Zezé,
se Eike ele é, se Eike ele é
é janeiro ainda
e já é carnaval
ele tem medo de apegar
relação premiada
se eu acuso,
ele fica foragido
o avião caiu
-q
com o ministro
justo o que ia revelar 1 lista
que acusava 1 galera poderosa
de estar em 1 famoso esquema
de corrupção
que nem os que caíram antes
sem provas suficientes
ia todo mundo cair
agora
com provas suficientes
mas ele caiu antes
É O GÁS!
tem um trabalho que é a sua cara
juuuura?
a sua cara: direitos humanos, feminismo, essas coisas
goxto
é aquilo uma pegada Kiarostami, Bruno Dumont,
Ardiley Queirós
gosxto
vamos quebrar o sistema juntos
bora!
**winona faces**
só não é remunerado.
mas você é genial
sou mesmo só
não sei pra que eu fiz um tanto de curso pago,
faculdade
também não,
mas é melhor você correr logo atrás
de se formar
porque daqui há pouco vai
tudo ser privatizado
nem vem
tem que ocupar tudo
vou ocupar tudo
opa. o freela respondeu
- oi, infelizmente
- não rolou, né?
- rolou, mas o edital não entrou e ao invés de
contratarmos oito roteiristas, tivemos que
escolher só um.
- pelo preço de oito?
- pelo preço de um.
- pro trabalho de um?
- pro trabalho de oito.
não quero pagar aluguel
nem esse transporte caro
nem essa comida cara
eu trabalho, trabalho
pra ficar parada?
vai pra cuba
vou
me inscrevi na prova, vou estudar cinema
de verdade
em cuba
o Temer cortou parceria com a universidade
de lá
o q
agora só se você for sem bolsa.
ou então dar de cara
com o muro
do Trump
CATÁSTROFE
q houve
cabô
é só o que se fala no whatsapp, cabô
- cabô o q? a cedae? a uerj?
a purpurina holográfica
rodei o saara todo
mendiguei nos becos
nada daquela purpurina
não-dá-mais-para-viver-nessa-cidade
tão invadindo meus blocos
lá vamos nós discutir o carnavalzz
já ouviu falar de
uma coisinha lynda chamada
micropolítica
pezão cassado
dornelles cassado
alô, alô marciano
aqui quem fala é da terra
e
tão dizendo não sai de casa
e
a pm pode estar em greve
tá vendo o que tá acontecendo em Vitória
relaxa no rj tv disse
não tem
NADA ACONTECENDO
ESTÁ TUDO NORMAL.
- depois disso só se ouviu os berros dos
passageiros à bordo.

sexta-feira, janeiro 13, 2017

pós verdade

tá na cara
do meu insta
que eu não
te amo mais.

o homem morcego

ele me disse:
juro
o plano era
tatuar "Fátima"
nas costas
bem grandão.
.
pra criar coragem
tomou
todas com o Brito
lá mesmo em
Belford Roxo.
.
Robson era incrível,
tocava Asa Branca na flauta,
mas bebia até trocar
todas as letras
e o tatuador
marcou nas costas dele
à agulha
bem grandão
Batman.
.
o casamento acabou
poucos meses depois
hoje em dia
ele sofre
porque depois
de ter visto todos
os filmes. gosta mesmo
é do Coringa.

gozo histérico

oscila
entre
atirar com uma bazuca nos seus dentes cariados
explodir o apartamento da Monte Alegre enquanto lemos aquelas listas
de o que fazer o que não fazer mais
morder o seu tersol
e depois das cinco
pedir para ser seu litt' puppy
me enfiar debaixo da pele das suas costas
enquanto você dorme
repetir diversas vezes algo bom
como se fosse um grande mistério
bobo
do tipo ainda tem pão quentinho.

eu não sei pra onde vou e pode até não dar em nada

vou escrever na sua barriga ou em cima dos trilhos do trem. lapa à glória. a sensação é térmica. panos estirados sobre às calçadas. à venda por cinco a dez reais todos aqueles livros velhos. boa parte tem na estante da casa em que fui criada. os que eu tenho procurado sinto que se foram com a cosac naif. compro um disco. trilha sonora midnight cowboy. me falta a vitrola. foda-se. não é sobre isso. a tempestade cai. páginas e páginas encharcadas. a chuva não apaga o Namastemer e nem o só Jesus salva que brilham no muro.

sexta-feira, novembro 25, 2016

looping

a navegadora confessa a baleia:
- decidi que serei fado.

a baleia vira de barriga pra cima.
em seu estômago: crianças e bichos se misturam
onde a navegadora acarinha sua cabeça
e estoura os lábios em brrrr
engolem
a respiração em uníssono.

faz sol no terraço.
roncos de um sonho:
amar profundamente
balbuciam

amor na
mensagem que não veio amor
nas lacunas em oceano-forma
que movimentam embaralham amor
tomam as risadas cidades e colocam  [            ] no lugar amor
a baleia e a navegadora tem memória do sentimento da falta
do sal de uma água
dentro do olho-mar-sexo-selvageria que não se sabe
se partiu ou se ainda não chegou
e restam
sólidas
enormes
aspiradoras de ar
predestinadas a esposarem com
os desencontros
desses corpos moribundos pelo mundo
ou virarem só uma

dentro de suas línguas-constelações
entre salivas e dnas
à espera
daquilo que se anuncia em molécula
cena
violão
laringe
rei
mas nunca as salvou do frio
e nem de nós mesmas.

terça-feira, outubro 18, 2016

navegadora

hora de dizer adeus
às velhas terras.